SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO CONFERE HOMENAGEM À AGRICULTORA “DONA OSMENDA”

04/08/2017

No decorrer da realização do Fórum Regional de Desenvolvimento Território do Mucuri, cerca de 20 agricultores foram homenageados com um Certificado de "Agricultor Destaque", honraria concedida pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com a Emater.

Em Nanuque, a homenageada foi Osmenda Gonçalves de Oliveira, carinhosamente chamada de "Dona" Osmenda, cujo certificado foi entregue pelo Secretário Municipal de Agricultura Néliton Carvalho. O evento foi um dos mais concorridos dentre todos os eventos que pautaram todo o Fórum Regional.

Conheça um pouco da trajetória desta grande mulher, Dona Osmenda, pela narrativa de Marcelo Pereira Moura:

Dona Osmenda Gonçalves de Oliveira: Agricultora Destaque

"A nossa "Agricultora Destaque", Dona Osmenda Gonçalves de Oliveira, nasceu na Fazenda Gameleira na Comunidade "Céu Azul", no Município de Nanuque-MG, a 80 (oitenta) anos atrás.

"Advinda de uma família numerosa de 11 (onze) irmãos, a quinta na ordem cronológica, sempre se destacou como líder nata, sempre disposta a ajudar a todos em seu entorno.

"Começou a lida muito cedo. Aos 09 (nove) anos de idade, já ordenhava, manualmente, 10 (dez) vacas/dia, chegando ao número de 50 (cinquenta) vacas/dia, a partir da adolescência. Além de vaqueira, cultivava feijão, milho, arroz, mandioca, entre outros, juntamente com sua família, atividades que ainda persistem.

"Em 1969 ela se casou com o Senhor José Cruz de Oliveira (Zequinha), e foi morar em São Paulo, lá permanecendo durante 30 (trinta) anos. Passado esse período, após educar e direcionar seus filhos tornando-os independentes e com formação acadêmica, ela voltou para sua terra.

"Em 1996, quando retornou às suas origens, Dona Osmenda tinha como objetivo ficar próxima de sua mãe já viúva e de seus irmãos, ajudando-os novamente na labuta do campo, que tanto lhe fazia falta.

"Assim que retornou, já foi procurando o Poder Público, especificamente a Emater, demonstrando a que veio.

"Dona Osmenda não mediu esforços. Montada em seu cavalo, visitou o domicílio de cada membro de sua comunidade, vendo de perto as necessidades de cada um, sendo um importante canal junto ao Poder Público, nas soluções dos mais diversos problemas.

"Podemos afirmar categoricamente, que essa espirituosa Senhora foi e continua sendo a grande parceira tanto na Secretaria Municipal de Agricultura, quanto na Emater e CMDRS, pois, além de nos ajudar, e muito, com sua energia contagiante, ela sempre nos reabastece dia após dia.

"Através do seu empenho junto aos Prefeitos e Vereadores, conseguimos atendimento médico e até odontológico nas comunidades rurais.

"Dona Osmenda muito contribuiu na criação do CMDRS, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, sendo a primeira presidente, se reelegendo posteriormente por alguns mandatos, sempre presente nas reuniões, quer seja na zona rural ou urbana, preocupada com o bem-estar da coletividade.

"Perguntada sobre sua perspectiva para o futuro, ela respondeu que acredita muito no homem do campo, contudo, se preocupa na mesma intensidade com a maneira como as políticas públicas vêm sendo conduzidas por parte dos maus políticos. Ainda segundo ela, "falta conhecimento, planejamento estratégico, zelo, sensibilidade e, sobretudo, amor para conduzir melhor as ações no setor."

"É preciso gerar empregabilidade, produtividade, rentabilidade, credibilidade, associativismo, cooperativismo e sustentabilidade", conclui Dona Osmenda.

FONTE: Prefeitura Municipal de Nanuque