UM DIA MEMORÁVEL: NO FÓRUM DO MUCURI O PREFEITO ROBERTO DE JESUS REACENDE O ORGULHO DOS CIDADÃOS NANUQUENSES

04/08/2017

O dia 03 de agosto de 2017 certamente entrará para os anais da história do Município como o dia em que Nanuque, a outrora princesinha do Vale do Mucuri, se transformou na Capital do Estado de Minas Gerais, ainda que simbolicamente, em ato assinado pelo Governador Fernando Damata Pimentel.

Todo o aparato montado para que este raro e inusitado acontecimento tivesse lugar, quer seja tanto no que toca á estrutura física quanto à segurança, deixaram em todos que por lá passaram, a nítida impressão da presença do Estado, com toda a sua força e autoridade.

Nada menos que 10 (dez) Secretarias de Estado estiveram presentes exercendo as suas atividades e oferecendo serviços à população, além de outras autarquias e órgãos governamentais. Destaque para a Cemig e a Copasa que estiveram presentes distribuindo lâmpadas e água tratada para os munícipes, além de efetuarem parcelamento de contas. No entanto, a grande movimentação ficou por conta da Polícia Civil que ofereceu serviço gratuito de emissão de arteira de identidade, primeira e segunda via, algo em torno de 250 atendimentos.

O Prefeito Roberto de Jesus se destacou pelo seu posicionamento firme perante as autoridades presentes, apresentando e justificando uma pauta de reivindicações que beneficia não somente a cidade de Nanuque, como também fomenta o desenvolvimento de boa parte das cidades que gravitam no seu entorno, a exemplo do asfaltamento da estrada que liga Nanuque a Umburatiba, via Distrito de Vila Gabriel Passos e do trecho que liga Vila Pereira a Carlos Chagas.

Outra solicitação do Prefeito que tende a beneficiar uma população estimada em mais de 100 mil pessoas é a ampliação e liberação dos recursos retidos da Saúde, a UTI móvel para atendimento de urgências e emergências, dentre outras solicitações que abrangeram as áreas de Educação, Saneamento Básico, Infraestrutura e Desenvolvimento, Tributação e Agricultura.

O Governado Fernando Pimentel discorreu sobre a difícil situação financeira por que atravessa o Estado de Minas Gerais, porém, elogiou a postura do Prefeito Roberto de Jesus e deixou claro que a crise econômica do Estado não seria impedimento para a análise das solicitações feitas pelo Prefeito.

Durante o evento, com a participação de aproximadamente 4 mil pessoas, o governador anunciou, entre outras ações, a instalação de Posto Avançado do Corpo de Bombeiros Militar em Nanuque, que será composto por 16 homens e duas viaturas, atendendo até 20 municípios.

Também foram entregues 11 ambulâncias para o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Rede de Urgência Macro Nordeste/Jequitinhonha (Cisnorje), com investimento de R$ 1,3 milhão, que atenderão ao Samu da região.

Em sua fala, o governador destacou a importância dos Fóruns Regionais como instrumento de gestão pública e participação popular, principalmente em momentos de escassez de recursos.

"O governo veio a Nanuque para ouvir vocês, levantar os problemas e dizer claramente que os obstáculos são muitos, mas que, juntos, podemos superar qualquer crise. Se não fosse assim, não estaríamos entregando hoje 11 ambulâncias novas para o Samu da região. E não teríamos feito a estrada de Malacacheta a Água Boa. Para as outras demandas, nós vamos conversar com vocês sobre como alocar os recursos, que são poucos", afirmou. "Sabemos que tem de fazer posto de saúde, reformar escola, colocar viatura nova para a PM. Não dá para fazer tudo de uma vez, então vamos decidir juntos o que é mais importante. É para isso que serve o Fórum Regional", ressaltou.

Durante o evento desta quinta-feira, que reuniu representantes dos 29 municípios que integram o território, Fernando Pimentel também assinou despacho que cria o Grupo Executivo Permanente para apoiar a prática da agroecologia entre os agricultores familiares na região. Além disso, um selo personalizado do Circuito dos Fóruns Regionais foi lançado.

O governador salientou que é fundamental uma boa gestão dos recursos públicos, especialmente neste momento de crise. "Nós temos a seguinte escolha: ou ficamos de frente para a nossa realidade, com prefeitos, vereadores e lideranças políticas, ou viramos as costas e vamos para Belo Horizonte construir Cidade Administrativa. Governos anteriores que me antecederam foram os governos das vacas gordas, quando o Estado tinha dinheiro e virou as costas para a população, usando mal os recursos públicos. Agora não. Estamos de frente para os problemas", disse.

Apoio

Representando os membros da sociedade civil do Colegiado Executivo do Território Mucuri, Lindaura Gomes Fernandes ressaltou o ineditismo da ação dos Fóruns Regionais. "É uma alegria receber o governador Fernando Pimentel neste Vale do Mucuri, que precisa tanto do apoio do Estado para o desenvolvimento econômico e social", disse.

O secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, afirmou que há mais de 30 anos Nanuque não recebia a visita de um governador. "As regiões do Vales do Jequitinhonha e Mucuri simbolizam a concepção de um governo que é feito a partir de debates, levantando as demandas junto à população. Esse é o grande desafio dos Fóruns", garantiu.

O prefeito de Nanuque, Roberto de Jesus, agradeceu as ações do governo na região e aproveitou para apresentar novas demandas. "O governador é um homem sensível às questões públicas, consciente da sua missão. Não podemos deixar de reconhecer a importância desse ato de interiorizar o governo, fazendo com as ações cheguem à população, ao interior. Isso é gestão democrática", reforçou.

Representando a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Rogério Correia defendeu a decisão do governador de não promover o ajuste fiscal que tem sido proposto pelo governo federal. "Esse ajuste fiscal significaria retirar recursos de setores como saúde e educação e sacrificar os servidores públicos. Minas não pode aceitar isto", afirmou.

FONTE: Prefeitura Municipal de Nanuque